quarta-feira, 31 de março de 2010


Tô bem debaixo, pra poder subir
Tô bem de cima pra poder cair
Tô dividindo pra poder sobrar
Desperdiçando pra poder faltar
Devagarinho para poder caber
Bem de leve pra não perdoar
Tô estudando pra saber ignorar
Eu tô aqui comendo para vomitar

Eu tô te explicando pra te confundir,
Tô te confundindo pra te esclarecer
Tô iluminado pra poder cegar,
Tô ficando cego pra poder guiar

Suavemente para poder rasgar
Olho fechado pra te ver melhor
Com alegria para poder chorar
Desesperado pra te paciência
Carinhoso pra poder ferir
Lentamente pra não atrasar
Atrás da vida pra poder morrer
Eu tô me despedindo pra poder voltar

Eu tô te explicando pra te confundir
Te confundindo pra te esclarecer
Tô iluminado pra poder cegar
Tô ficando cego pra poder guiar

Suavemente pra poder rasgar ... poder voltar.

Faz parte...


Lidar com a adversidade e com o ataque externo é uma forma de crescer como pessoa.

Na verdade, termina sendo um excepcional teste de caráter: como você reage diante de um ataque? Como lida com a adversidade? Você responde na mesma moeda? Se assim o faz, o que o diferencia de quem o ataca?

Pense bem: vivenciar momentos assim é ter a oportunidade de praticar tudo o que você aprendeu. Se tudo corresse sempre bem, como você conseguiria testar sua própria fibra de caráter? Ninguém cresce se mantendo num estado eterno de paz e harmonia.

A paz perpétua só existe na morte!

Desta maneira, encare a adversidade como um processo necessário pelo qual todos devemos passar. Apenas pessoas muito infantis se deixam deprimir pelos obstáculos temporários. Encare, portanto, aquela pessoa que o atrapalha como um mestre para o desenvolvimento do seu caráter; faça o mesmo em relação aos obstáculos.

E tenha paciência, pois não há adversidade que se configure como eterna no mundo.

He's Just Not That Into You - GREG BEHREDT & LIZ TUCCILLO


Às vezes, dou telefonemas até do bolso da minha calça, sem querer. Podemos tentar fazer você pensar que somos diferentes, mas nós, homens, somos iguaizinhos a vocês, mulheres. Gostamos de fazer um intervalo no nosso dia, em geral sem graça, para conversar com alguém de quem gostamos. Ficamos felizes com isso. E gostamos de ficar felizes. Exatamente como vocês. Se eu estivesse a fim de você, falar contigo seria uma bênção nesse meu dia infernal. E exatamente nesse dia, eu nunca estaria ocupado demais para ligar para você.”

“Aliás, um homem que goste de você quer estar com você. E só aceita falar ao telefone com você cinco minutos por dia se não puder entrar fisicamente num avião para ir ao seu encontro.”

“Se eu gosto de você, não vou esquecê-la, jamais. Você não quer o cara que é capaz de esquecer-se de tudo na vida, menos de você?”
“Estou prestes a criar uma lei louca, radical e séria de relacionamentos: a palavra “ocupado” é a maior mentira, e em geral é usada por babacas.”

“Infelizmente, garotas, não posso estar com vocês o tempo todo, para defendê-las das desculpas esfarrapadas e, por extensão, dos homens maus que aparecem no seu caminho. O que posso fazer, porém, é descrever um quadro que vocês jamais verão quando estiverem com um cara que realmente está a fim de vocês. Você nunca vai se ver olhando feito uma louca para o telefone, desejando que toque, nunca vai se ver estragando uma noite com as amigas por ficar ligando para sua secretária eletrônica a cada quinze segundos, nunca vai se ver odiando a si mesma por ter ligado para ele, sabendo que não devia. Você vai se sentir tão bem tratada que essas palhaçadas com o telefone não serão necessárias. Estará ocupada demais sendo adorada.”

“Quando estava trabalhando com Greg neste livro, em Nova York, observei que ele sempre ligava para a mulher só para dizer que não podia conversar com ela naquele momento, mas que estava pensando nela e que telefonaria mais tarde. Não pareceu a coisa mais complicada do mundo, e, com toda a certeza, pareceu uma atitude extremamente gentil.”

O que você deveria ter aprendido neste capítulo:

* Se ele não telefona para você é porque não está pensando em você.
* “Ocupado” è sinônimo de “babaca”. “Babaca” é sinônimo do cara com quem você está saindo.
* Você merece uma porra de um telefonema.

“Vamos falar sobre o Zezinho Muito Muito Amigo e a sua Amizade Muito Muito Grande. Isso certamente funciona bem para ele. Ele sempre poderá fazer o jogo de “amigo” com você. Ele só precisa se responsabilizar pelas expectativas de amigo, e não pelas expectativas bem maiores de um mais-que-isso. Afinal de contas, pelo fato de ser “amiga”, você não ia querer impor mais nenhum turbilhão emocional enquanto ele atravessa essa “separação muito traumática”. A situação é ideal para ele: uma grande amiga com as vantagens de namorada, que ele pode encontrar quando bem entender. Ele pode ser um dos seus amigos mais íntimos, mas sinto dizer que, como namorado, ele simplesmente não está a fim de você.

Cuidado com a palavra “amigo”. Muitas vezes pode ser usada por homens, ou mulheres apaixonadas por eles, como desculpa para o comportamento menos amistoso que existe.

Eu, pessoalmente, quando escolho amigos, prefiro os que não me fazem chorar toda noite.”

“A partir deste momento, agora mesmo, enquanto você está lendo isso, faça esse juramento solene a respeito dos seus futuros relacionamentos românticos: nada de indefinição, nada de zonas nebulosas, nada não identificado e nada de omissão.”

“Eu odeio falar dos meus sentimentos. Odeio conversar sobre o meu “relacionamento”. Sei que sou uma garota e, para nós, mulheres, tudo é emocional. Só que eu não sou assim. Não gosto nada disso. Eu, particularmente, não gosto de perguntar para um cara qual é o futuro do relacionamento, ou o que ele sente por mim. Eca! Tudo devia ser natural, fácil e óbvio.

Por isso acho que, se tiver de começar a pensar, planejar e inventar todo tipo de subterfúgio para descobrir em que tipo de situação eu me meti, a coisa não deve estar nada boa. Que merda. Quem quer ser aquela garota maluca que precisa saber exatamente o que está acontecendo no minuto que conhece um cara? Você prefere ser a garota tranqüila, aquela que sabe com quem sair, se divertir e não ser muito exigente. Eu sempre quis ser assim. E sempre fui. O problema dessa garota tranqüila é que ela também fica magoada. Ela também reage ao tipo de tratamento que recebe. Ela também espera que o cara ligue, fica imaginando quando o verá de novo e se ele gosta dela. Odeio isso. Não quero gastar um monte de energia reprimindo tudo que sinto para dar a impressão de que não me importo.

Eu quero me importar. É claro que no começo você tem de tomar cuidado com o que revela. Mas, essa cautela não deve servir para deixá-los (os homens) mais tranqüilos.

Deve existir porque, afinal, você sabe que é uma criatura delicada e valiosa, que deve ter cuidado e escolher bem quem recebe o seu afeto. É o que estou fazendo agora. E devo dizer que não estou me dando nada mal.”

O que você deveria ter aprendido nesse capítulo:

* Melhor do que nada não é o bastante para você!
* Indefinido? Não serve.
* Tem um cara por aí que vai querer dizer para todo o mundo que é seu namorado. Pare de marcar bobeira e vá ao encontro dele.

“Há muitos motivos para um homem não querer levar uma amizade para o “próximo nível”.
Esses motivos não vêm ao caso, e também não importa se não fazem sentido para você. A questão é que quando o cara se imagina tendo mais intimidade com você (e pode acreditar em mim, nós pensamos nessas coisas), ele pára e pensa com seus botões (os dele): “não vale a pena”. Não desperdice mais seu tempo pensando nisso, só pense que “é ele quem sai perdendo”.”
“Mas, quer saber de uma coisa? Se um homem está realmente a fim de você, nada vai impedi-lo de ficar com você. Nem o medo da intimidade. Ele pode correr e fazer terapia, se houver algum problema sério, mas nunca deixará você no escuro.”

O que você deveria ter aprendido nesse capítulo
* Dê nome aos bois ou, mais especificamente, chame o amigo de amigo, e trate de encontrar um amigo que não consiga tirar as mãos de cima de você.
* Se ficar tentada a passar muitas noites apenas enroscada com alguém, compre um cachorrinho.
* Existe alguém por ai que quer agarrar você, tesão.

“Não pergunte o que você fez de errado. Não divida a culpa. E, caso ele diga que simplesmente “aconteceu”, por favor, lembre-se de que outras garotas não “acontecem” simplesmente. Não é um acidente como “Opa, eu dei uma vacilada e me envolvi com outra”. A coisa toda foi planejada e executada com o pleno conhecimento de que poderia destruir você. É importante ter em mente que, se ele encontrou outra, sem que você saiba ou incentive isso, não está apenas se comportando como um homem que não está a fim de você, mas como alguém que nem sequer gosta de você.”

“Não namore nenhum homem que não sabe por que faz as coisas.”
“Livre-se desse babaca, senão eu vou até a sua casa e me livro dele por você.”

Nosso caderno de exercícios

Aqui estão cinco sugestões do que o seu homem poderia ter feito se estivesse insatisfeito (você vai observar que nenhuma delas inclui ir para outra):

1) Conversar sobre o assunto.
2) Escrever sobre o assunto.
3) Cantar sobre o assunto.
4) Mandar um e-mail falando sobre o assunto.
5) E até fazer um teatro de marionetes sobre o assunto.

Agora, pense em mais cinco sugestões (sabemos que usamos as mais fáceis, mas ainda achamos que há outras cinco de que você pode lembrar).

1 -
2 -
3 -
4 -
5 -

Leia essas idéias, dê boas risadas e livre-se dele.

É claro que não posso lhe dizer o que deve fazer.


Mas livre-se dele.


'Você não quer ficar pensando sobre o que você poderia ter feito.''

Tempo Perdido


Todos os dias quando acordo,
Não tenho mais o tempo que passou
Mas tenho muito tempo
Temos todo o tempo do mundo.

Todos os dias antes de dormir,
Lembro e esqueço como foi o dia
"Sempre em frente,
Não temos tempo a perder".

Nosso suor sagrado
É bem mais belo que esse sangue amargo
E tão sério
E selvagem,
selvagem;
selvagem.


Veja o sol dessa manhã tão cinza
A tempestade que chega é da cor dos teus
Olhos castanhos
Então me abraça forte
E diz mais uma vez
Que já estamos distantes de tudo
Temos nosso próprio tempo,
Temos nosso próprio tempo,
Temos nosso próprio tempo.

Não tenho medo do escuro,
Mas deixe as luzes acesas agora,
O que foi escondido é o que se escondeu,
E o que foi prometido,
Ninguém prometeu.

Nem foi tempo perdido;
Somos tão jovens,
tão jovens,
tão jovens.

Agora, não dá mais!



Você não quis o meu amor,

Você fez dele um caso e simplesmente terminou.

Você não soube aproveitar uma amizade bem definida, um amor sincero.

Eu pensei que fosse verdadeira a nossa paixão,

Mas você terminou tudo, deixando mal meu coração.

Levei um tempo para me recuperar.

Agora,justamente agora, logo agora você se arrepende e pede pra voltar.

Não dá!

Não dá mais!

Acabou!

Porque já não sinto mais nada por você!


Não sou eu mesma essa noite


...Essa sou eu?
Estou meio descontrolada
Você sabe que essa noite
Estou sem personalidade
Numa forma rara
E se você me conhecesse de verdade
Você saberia que esse não é o normal

Porque estou fazendo coisas que normalmente não faço
A velha "eu" se foi, me sinto novinha
E se você não gostar, foda-se

A música está tocando e estou dançando
Normalmente fico no canto
Estou me sentindo diferente
Não importo, porque essa é a minha noite

Eu não sou eu mesma essa noite
Essa noite, não sou a mesma garota

De manhã
Quando eu acordar
Eu voltarei a ser a garota que eu era
Mas, amor, não essa noite

É, isso é bom
Eu precisava disso
Ficar louca

segunda-feira, 29 de março de 2010

Firmeza


A despeito de pessoas muito jovens acharem limites uma coisa ruim, com o tempo todo mundo descobre que, ao contrário, limites são a chave do nosso desenvolvimento e do nosso triunfo.

Quando temos idéias vastas, ilimitadas, quase não conseguimos fazer nada, pois nos dispersamos. Mas quando há limites, aí sim podemos realizar algo de concreto.

O resultado disso é a maturidade.

Não devemos nos odiar por estarmos envelhecendo, mas nos amar por estarmos crescendo!

Ser maduro e realista não significa deixar de sonhar. Significa ter os pés bem plantados no chão, sabendo perfeitamente até onde se pode ir e o que é viável para o momento.

Trabalhando a partir de bases realistas, você logrará êxito naquilo que deseja.

O ser humano é viciado demais em atos grandiosos, esquecendo-se que os pequenos gestos são também eles, magníficos.

Momento de seguir...


É chegada à hora·dos meus sonhos serem ouvidos·

Eles não serão postos de lado nem modificados ao seu bel prazer.

Eu estou sozinha nessa encruzilhada

Mas eu tentei, bem que eu tentei,

Você deveria ter sabido
Agora eu estou farta de acreditar em você
Você não sabe o que eu sinto
Eu sou mais do que você fez de mim!

Você deveria ter ouvido
Há alguém aqui dentro
Alguém que eu achava que tinha morrido
Há muito tempo.

Mas agora eu estou livre e meus sonhos serão ouvidos
Eles não serão mais postos de lado por palavras suas
Tudo porque você não irá ouvir.

A canção aqui no meu coração
À canção que eu começo
E vou conseguir completar

Minha própria voz...

domingo, 28 de março de 2010

A lei do esforço


Uma das mais poderosas leis da vida é a lei do esforço!

Não existe nada neste mundo que não precise passar – ainda que temporariamente – por momentos de esforço, a fim de se afirmar diante do mundo ao redor. Você pode, neste momento, até mesmo desanimar, achando que as coisas não estão ocorrendo a contento, tendo a sensação de tempo perdido ou de energia jogada fora. Mas você já parou para pensar que, muito provavelmente, as coisas estão rolando, mas de uma maneira que você ainda não entendeu? Está havendo crescimento e mudança, e a dificuldade inicial deveria ser encarada como uma oportunidade e não como um obstáculo intransponível.

Você pode não perceber que a evolução está acontecendo, mas ela está. Só não tente forçar as coisas.

Por mais que você tenha vontade de abrir seu coração e pôr para fora tudo o que você sente ou pensa, há a importância de considerar o momento certo para tomar este tipo de atitude. A impulsividade aqui é algo que gerará apenas mal estar social.

No fundo do seu coração, você sabe exatamente as respostas para suas dúvidas. Entretanto, emoções conflitantes conduzem-no a duvidar da voz intuitiva do seu coração. Sendo assim, não force a barra. Mantenha a alma quieta e espere um pouco mais antes de tomar qualquer atitude.

terça-feira, 23 de março de 2010

Desapontamento


Vamos refletir a respeito da palavra, “desilusão”.

Sei que ela é uma palavra feia e que ninguém gosta de se desiludir. Mas você já parou para pensar que ela, a desilusão, nada mais é do que uma grande libertação? Significa que você tinha se iludido, estava vendo as coisas ou as pessoas de uma forma que não condizia com aquilo que você esperava e que a fantasia chegou ao fim, deixando você livre para procurar em terrenos mais férteis.

Você está vivendo, viveu ou viverá em breve alguma forma de desapontamento, que pode se manifestar como um desejo que não se manifestou ou alguma perda específica. Qualquer pessoa que tenha vivido um pouco sabe o quanto situações assim doem. Todavia, dói mais ainda não reagir.

E reagir significa se implicar no processo, parando para pensar em como nós mesmos criamos estas situações fantasiosas que tanto nos chateiam depois. Evite terminantemente colocar a culpa nos outros.

Na maioria das vezes, ninguém nos engana. Somos nós que não vemos o que está na nossa cara ou preferimos não ver porque a fantasia é mais gostosa. E, mais importante: não permita que este momento perdure em sua existência como ressentimento, mágoa ou comportamento de vítima.


segunda-feira, 22 de março de 2010

Momento de reflexão

...aquele adeus não pude dar


Nem sei por que você se foi
Quantas saudades eu senti
E de tristeza vou viver
E aquele adeus não pude dar
Você marcou em minha vida
Viveu, morreu na minha história
Chego a ter medo do futuro
E da solidão que em minha porta bate

E eu
Gostava tanto de você
Gostava tanto de você

Eu corro, fujo dessa sombra
Em sonho vejo este passado
E na parede do meu quarto
Ainda está o seu retrato
Não quero ver pra não lembrar
Pensei até em me mudar
Lugar qualquer que não exista
O pensamento em você

... uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida. Foi apesar de que parei na rua e fiquei olhando para você enquanto você esperava um táxi. E desde logo desejando você, esse teu corpo que nem sequer é bonito, mas é o corpo que eu quero. Mas quero inteira, com a alma também. Por isso, não faz mal que você não venha, espararei quanto tempo for preciso.

- Clarisse Lispector

domingo, 21 de março de 2010


É irônico como quanto mais queremos ser reconhecidos, mais parece que as pessoas não nos reconhecem. Faça o que você tem que fazer, cumpra seus papéis com beleza e graça e não se preocupe com reconhecimento imediato. Ele virá. Ao mesmo tempo, cuidado com pessoas que dão valor demais a coisas fúteis, para que elas não contaminem a sua alma com valores superficiais (importância demais dada à beleza física, ao dinheiro e a coisas mundanas).

sábado, 20 de março de 2010

One Day In Your Life


[Um dia na sua vida]

Um dia na sua vida
Você vai se lembrar de um lugar
Alguém tocando seu rosto
Você vai voltar e olhar ao seu redor

Um dia na sua vida
Você vai se lembrar do amor que encontrou aqui
Você vai se lembrar de mim de alguma forma
Embora você não precise de mim agora
Vou ficar no seu coração
E quando tudo se desfizer
Você vai se lembrar que um dia...

Um dia na sua vida
Quando você achar que está sempre à espera
De um amor que costumávamos compartilhar
Só chame o meu nome, eu estarei lá

Você vai se lembrar de mim de alguma forma
Embora você não precise de mim agora
Vou ficar no seu coração
E quando tudo se desfizer
Você vai se lembrar que um dia...

Um dia na sua vida
Quando você achar que está sempre sozinho
Por um amor que costumávamos compartilhar
Só chame o meu nome, eu estarei lá

sábado, 13 de março de 2010

DICAS DE CONQUISTA DADA POR UM HOMEM


1. Toque


(Toque suave)

O ego masculino é um balão de ar que nunca estoura, ou seja, pode ser inflado ad infinitum. Quando uma mulher faz questão de nos tocar durante uma conversa, percebemos que somos atraentes e a sensação é ótima. Toque no braço dele quando o cara mandar algum comentário engraçado, cumprimente-o com um beijo.

2. Tapinha


(Não exagere na potência.)

Esse é a evolução do toque. Poucos sinais indicam uma atração tão óbvia quanto o famoso soquinho/tapinha que a mulher dá no homem quando ele fala alguma bobeira. Isso demonstra que já entre vocês descontração, intimidade e também aquela fagulha sexual.

3. Cabelo


( Cabelão é foda.)

Mexa no cabelo quando estiver conversando com ele. Sutilmente. Nem todos percebem essa, mas não deixa de ser um ótimo sinal, especialmente se suas madeixas estiverem bem cuidadas.

4. Olhar


Mantenha o seu olhar conectado ao dele 1 segundo além do necessário. Isso cria uma intensidade absurda. É como se os dois estivessem pegando fogo. Não há homem que não entenda o significado de um olhar intenso.

5. Roupas


Mantenha o visual básico e descontraído do final de semana. Nós adoramos esse estilo. Se possível, acrescente alguma blusa com um decote não muito agressivo. Combinação matadora: top branco, jeans desbotado, cabelão solto e um tênis. Dá um ar de mulher esportiva, dinâmica, que vai acabar com a gente na cama.

6. Deixas


Comente de programas que te interessam, do último filme que você viu, da peça de teatro que está em cartaz, do novo bar que seus amigos te indicaram. Não precisa convidar o cara, é só dar as deixas. O homem gosta de se sentir conquistador, então deixe a iniciativa com ele.