quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Bajulações


Tome muito cuidado com bajulações e bajuladores.
As palavras podem ser bonitas, mas são vãs.
Antes de confiar nas pessoas, averigue direito quem elas são e o que realmente querem.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Acerta o passo, amor!


Autora: Rosana Braga

Saí para caminhar num parque perto de casa, numa linda manhã de sol. Em silêncio, atenta à minha própria respiração, era inevitável observar as tantas pessoas que iam e vinham. O dia e aquele lugar estavam encantadoramente sintonizados.

Algumas pessoas andavam sozinhas, outras com seus pares. Avós brincavam com seus netos, mães e pais com seus filhos. Amigos confidenciavam as novidades entre si e riam de seus causos. Muitas vidas. Diferentes sonhos. Incontáveis sentimentos.

Cada um anda no seu ritmo, pensei numa fração de segundo. Tal reflexão foi decorrente de uma cena específica: já havia notado, bem próximo de mim, um casal caminhando a passos largos, como quem quer abandonar a vida sedentária e ganhar em boa forma e saúde.

Tanto ele quanto ela eram jovens, bonitos e visivelmente comprometidos, devido à aliança que ocupava o dedo anelar da mão esquerda de ambos. Depois de alguns bons metros, ela foi ficando para trás, mas distraída com tantas paisagens, sons e movimentos, nem percebeu.

Talvez eu achasse que nem ele tivesse percebido, não fossem suas recorrentes olhadinhas para trás, a fim de monitorar a distância que os separava. De repente, como quem não quer diminuir a velocidade, mas também não quer perder de vista sua companheira, ele gritou (num tom imperativo e, ao mesmo tempo, cheio de ternura): acerta o passo, amor!.

Surpreendida pela própria situação, ela se assustou e imediatamente sorriu, dando alguns pulinhos até alcançá-lo. Neste momento, numa atitude sincronizada e cheia de significados, os dois se deram as mãos e continuaram a caminhada em silêncio.

Cruzei com eles mais duas vezes e lá estavam, sintonizados, de mãos dadas, provando que basta um tantinho de atenção e disponibilidade para que duas pessoas caminhem lado a lado, rumo a um único objetivo, em última instância: continuarem juntas, cada qual incentivando a outra quando – por qualquer razão – seu ritmo diminuir!

Mas, infelizmente, a maioria dos casais anda distraída demais para se dar conta de que o outro está muito adiante ou de que ficou para trás. Falta atenção de um e disponibilidade do outro. Esquecem de darem-se as mãos e a sintonia vai desaparecendo em meio à rotina cansativa e morna do dia-a-dia.

Sempre penso que não importa qual seja o objetivo, um encontro só pode ser bom quando há sintonia, quando os ritmos estão afinados. Porque quando o desejo de um é diferente do desejo do outro, chegará o tempo em que as insatisfações serão cada vez maiores.

Seria o mesmo que dizer que não acredito em quem aposta na possibilidade de amar pelos dois numa relação. Creio que relacionamentos sejam feitos de reciprocidade e troca. Não se trata de contabilizar, mas de cada um fazer a sua parte.

Também não se trata de submeter os sentimentos a uma avaliação racional, mas de perceber que dois corações não podem se enxergar quando um corre na frente e o outro corre atrás.

Portanto, se realmente quer estar com uma pessoa, minha sugestão é que você note onde ela está: à sua frente, atrás de você ou ao seu lado? Se a sua resposta não for a terceira opção, trate de acertar o passo, amor!

Por que temos tanto medo de amar?


É incrível como criamos inúmeras maneiras de nos defender, de nos proteger do sofrimento. Creio que passamos a maior parte de nossas vidas criando novas e mais poderosas formas de não nos expormos. Assumimos papéis, inventamos máscaras, palavras e trejeitos... com um único objetivo: não sofrer!!!

Aprendemos, desde muito cedo, que o sofrimento chega quando estamos expostos, vulneráveis, abertos para o outro... e isso é verdade! E, assim, acreditamos que só há uma maneira de não sofrermos: nos fechando, nos defendendo, nos protegendo do outro... e isso é mentira! Simplesmente porque não existe nenhuma maneira de não sofrermos!

Proteger-nos do outro é não demonstrar o que sentimos, o quanto amamos; é não compartilhar, não precisar (no sentido de admitir que desejamos intimidade com o outro). No entanto, não nos damos conta de que enquanto nos protegemos, tornamo-nos reféns de nós mesmos, transformamos nosso próprio coração numa prisão. Iludidos com a sensação de uma segurança que definitivamente não existe, abrimos mão da possibilidade de experimentarmos sentimentos imperdíveis!

Podemos perceber que estamos nos defendendo do amor quando usamos expressões como: eu gostaria que ele me desse mais carinho, mas não tenho que pedir isso! ou se ele não demonstra que me ama, por que eu deveria fazer isso?

O problema é quando norteamos nossa vida a partir do outro: se ele não fizer isso, eu também não faço, se ele não disser, eu também não digo, se ele não demonstrar, eu também não demonstro! Poxa! Que raio de contabilidade miserável é essa?!? O amor não funciona desse jeito e, assim, continuaremos todos morrendo de solidão, carência, angústia e depressão!!!

Que tal começarmos a agir por nossa própria conta e risco! Sim, amar é um risco, um enorme risco, mas que não inclui apenas o sofrimento. Neste pacote também está incluso o risco (absolutamente provável) de sermos correspondidos, amados, respeitados, queridos e tudo o mais que possa haver de bom no exercício de compartilhar amor!!!

E aí as pessoas vêm com essa: mas eu não estarei me desrespeitando se pedir amor, se der mais do que receber, se me expor a esse ponto?... E eu respondo com outra pergunta: O que é se desrespeitar?! Para mim, desrespeitar-se é fazer algo que você não gostaria de estar fazendo ou, ao contrário, é não fazer algo que você gostaria de estar fazendo.

Portanto, a pergunta mais importante é: o que você quer fazer? Compartilhar seu amor, dar carinho, pedir carinho, demonstrar o que sente, falar sobre seus sentimentos? Então, faça isso!!! Não desperdice sua vida à espera da permissão do outro. Não meça a sua capacidade de amar e de se expor e de se tornar vulnerável a partir do outro. Assuma-se, admita-se e, sobretudo, acolha-se!

Vá se percebendo, abrindo-se aos pouquinhos, pedindo devagarzinho... porque assim fica mais fácil reconhecer e respeitar seu limite. E entenda por limite a linha que separa o seu desejo da sua verdadeira percepção de que já se deu o quanto gostaria de se dar. Porque, obviamente, não estou defendendo a idéia de que você passe a vida inteira se doando para alguém que não tem espaço para te receber. No momento em que sentir que atingiu seu limite, aja com amor-próprio e recolha-se, para se dar a chance de compartilhar o seu amor com alguém que tem espaço para isso.

Enfim, minha sugestão é que paremos, de uma vez por todas, de justificar nossas atitudes (ou não-atitudes) a partir do outro. Que possamos assumir, pelo menos para nós mesmos e se for o caso, que temos medo de sofrer e, por isso, preferimos não nos expor, não pedir, não demonstrar, não expressar e, tantas vezes, não amar...

Porque quando conseguirmos reconhecer esse medo, certamente nos tornaremos mais dispostos e disponíveis para o amor. Teremos compreendido, finalmente, que não-sofrer é impossível. Sofrer faz parte do processo de viver, é inevitável. Mas não-amar talvez esteja sendo uma escolha ingênua e infantil, infelizmente feita por muito mais pessoas do que supomos.

A dica é: não desperdice sua energia e seu tempo evitando a dor. Não seja refém de seus medos. Apenas aceite-os e lembre-se de que cada um tem os seus; todos temos! Aproveite sua vida amando tanto quanto desejar, tanto quanto sentir... e tenha a certeza de que nunca será menos por isso. Muito pelo contrário, estará conseguindo ser o que todos nós desejamos: corajosamente amante!

Autora: Rosana Braga

Energia esgotada


Há circunstâncias em que precisamos reconhecer que nossa energia se esgotou e que o melhor a fazer é repousar, ao invés de forçar a barra.
Quando nosso corpo ou nossa mente se esgota, é porque é chegado o momento de descansar um pouquinho. Se você não aceitar a necessidade de repouso, será como se precisasse dormir, mas não dormisse. O dia seguinte fica pouco produtivo. Afasta-se das questões que o preocupam, tire férias de sua própria vida.
Se você continuar a forçar, poderá até mesmo entrar em depressão.
Não deixe que este tipo de coisa aconteça procure cultivar a humildade suficiente para saber a hora de se desvincular e a hora de se aproximar novamente.
É soltando que aprendemos a conquistar!

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Mama Cass Elliott - Dream A Little Dream Live


Tradução:

Estrelas brilhando acima de você,
brisas da noite parecem sussurrar "eu te amo";
Pássaros cantando na figueira;
Sonhar um pouco de mim ...

Diga "noite nighty" e me beijar,
Apenas me abrace forte e diga que você vai sentir minha falta;
Enquanto estou sozinho e azul como pode ser,
Sonhar um pouco de mim ...

Estrelas desaparecendo, mas eu permaneço querida,
Ainda desejando seu beijo;
Eu estou desejando a ficar até o amanhecer, querido,
Basta dizer isto:

Doces sonhos até dom vigas encontrá-lo,
sonhos que deixam as nossas preocupações para trás;
Mas em seus sonhos, quaisquer que eles sejam,
Sonhe um pequeno sonho comigo

Estrelas desaparecendo, mas eu permaneço querida,
Ainda desejando seu beijo;
Eu estou desejando a ficar caro até o amanhecer,
Basta dizer isto:

Doces sonhos até dom vigas encontrá-lo,
sonhos que deixam nossas preocupações agora atrás de você;
Mas em seus sonhos, quaisquer que eles sejam,
Sonhe um pequeno sonho comigo

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Conquistando O Impossível


Acredite
É hora de vencer
Essa força vem de dentro de você

Você pode
Até tocar o céu
Se crer ....

Acredite
Que nenhum de nós
Já nasceu com jeito pra super-herói

Nossos sonhos a gente é quem constrói
É vencendo os limites
Escalando as fortalezas
Conquistando o impossível pela fé

Campeão, vencedor
Deus da asas
Faz teu vôo

Campeão, vencedor
Essa fé que te faz imbatível
Te mostra o teu valor

Acredite
Que nenhum de nós
Já nasceu com jeito pra super-herói

Nossos sonhos a gente é quem constrói
É vencendo os limites
Escalando as fortalezas
Conquistando o impossível pela fé

Campeão, vencedor
Deus da asas
Faz teu vôo

Campeão, vencedor
Essa fé que te faz imbatível
Te mostra o teu valor

Tantos recordes, você pode quebrar
As barreiras você pode ultrapassar
E vencer

Campeão, vencedor
Deus da asas
Faz teu vôo

Campeão, vencedor
Essa fé que te faz imbatível
Te mostra o teu valor

Sereníssima (Legião Urbana)




Sou um animal sentimental
Me apego facilmente ao que desperta o meu desejo
Tente me obrigar a fazer o que não quero
E você vai logo ver o que acontece

Acho que entendo o que você quis me dizer
Mas existem outras coisas

Consegui meu equilíbrio cortejando a insanidade,
Tudo está perdido mas existem possibilidades,
Tínhamos a idéia mas você mudou os planos
Tínhamos um plano, você mudou de idéia

Já passou, já passou - quem sabe outro dia.

Antes eu sonhava, agora já não durmo
Quando foi que competimos pela primeira vez?
O que ninguém percebe é o que todo mundo sabe
Não entendo terrorismo, falávamos de amizade.

Não estou mais interessado no que sinto
Não acredito em nada além do que duvido
Você espera respostas que eu não tenho
Mas não vou brigar por causa disso

Até penso duas vezes se você quiser ficar.

Minha laranjeira verde, porque está tão prateada?
Foi da lua desta noite, do sereno da madrugada
Tenho um sorriso bobo, parecido com soluço
Enquanto o caos segue em frente
Com toda a calma do mundo.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Conselho de I ching

Com algumas pessoas não dá pra falar. Seria como falar para as paredes e, no final, você apenas se desgasta.

A verdade


As pessoas adoram dar conselhos. Todos nós – incluindo-se aí você, eu e qualquer ser humano vivo – gostamos de dar as nossas opiniões e, assim, influenciamos com maior ou menor força as pessoas ao redor. Num mundo com tantas “vozes” e “falas”, não é de se estranhar que a gente perca contato com a nossa voz interior. O que muitas vezes esquecemos é que ninguém detém a verdade completa e, assim sendo, as opiniões mostram apenas pedaços de um todo.
Nesse momento aproveite para se recolher um pouco mais, voltando-se para dentro de si a fim de extrair do seu próprio coração qual é a sua verdade. O que importa, neste momento, não são as verdades gerais, os dogmas, as regras, os manuais. Importa, isso sim, a sua experiência. Viver de acordo com o que você acredita, ainda que isso gere oposição das pessoas ao seu redor. Quando finalmente você se decidir a respeito do seu caminho, atrairá oposição e conselhos dos outros. Filtre tudo. Não descarte nada, mas filtre tudo.

domingo, 14 de novembro de 2010

Uma Prova de Amor - My Sister´s Keeper



Uma família, uma mãe, duas irmãs, uma menina.
Um filme delicado, que a todo momento nos surpreende e nos emociona.
O elenco lindo e dedicado. Uma história que nos ensina que sem o amor não somos nada.

Vale a pena ver!
e para quem já viu vale muito mais a pena repetir a dose.

O que precisamos é nos
sensibilizar, e Uma prova de amor é extra ordinariamente sensibilizante.

Jonah Johnson - With You



TRADUÇÃO:


Havia esperança, havia fé
Havia verdade mas eu não consegui tê-la
Agora, há amor na minha vida, não posso e não quero deixá-lo ir
A mudança fez sua parte
E cicatrizou meu coração ferido

Tudo o que eu quero fazer e tudo que quero ser
Tudo o que quero sentir é algo real
Quero acreditar que tudo o que eu fizer
Daqui em diante será com você
Vai ser com você

Aqui com você, me sinto seguro, e eu sei que é só o começo
Por muito tempo fiquei perdido, agora sinto que finalmente estou ganhando
Eu não me importaria,
Eu poderia amar você pelo resto da minha vida

Oh, vai ser com você
Eu não me importaria,
Eu poderia amar você pelo resto da minha vida
Porque

Vai ser com você
Agora que te encontrei
Nunca vou deixar você ir
Nunca vou deixar você ir embora

Feels Like Home



Tradução:

Alguma coisa nos seus olhos, faz com que eu queira me perder
Faz com que eu queira me perder nos seus braços
Tem alguma coisa na sua voz que faz meu coração disparar
Espero que este sentimento dure pelo resto da minha vida

Se você soubesse como minha vida tem sido solitária
E há quanto tempo estou tão sozinha
Se você soubesse o quanto eu queria que alguém aparecesse
E mudasse minha vida do jeito que você mudou

E eu me sinto em casa, eu me sinto em casa
Parece que eu voltei todo o caminho de onde eu vim
E eu me sinto em casa, eu me sinto em casa
Parece que estou de volta para onde pertenço

Uma janela quebra na rua escura
E uma sirene toca na noite
Mas estou bem, porque tenho você aqui comigo
E quase posso ver que há uma luz em meio à escuridão

Se você soubesse o quanto este momento significa para mim
E quanto tempo esperei pelo seu toque
E se você soubesse o quanto está me fazendo feliz
Nunca pensei que amaria alguém tanto assim

E eu me sinto em casa, eu me sinto em casa
Parece que eu voltei todo o caminho de onde eu vim
E eu me sinto em casa, eu me sinto em casa
Parece que estou de volta para onde pertenço
Parece que estou de volta para onde pertenço

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Dalai Lama: Receita para conquistar a felicidade


Para começarmos, podemos dividir todo tipo de felicidade e sofrimento em duas categorias principais: mental e física.
Das duas, é a mente que exerce a maior influência em muitos de nós. A menos que estejamos gravemente doentes, ou privados de nossas necessidades básicas, a condição física representa um papel secundário na vida.
Se o corpo está satisfeito, praticamente o ignoramos.
A mente, entretanto, registra cada evento, por mais pequeno que seja. Por isso, deveríamos devotar nossos mais sérios esforços à produção da paz mental.
A partir de minha própria limitada experiência, descobri que o mais alto grau de tranqüilidade interior vem do desenvolvimento do amor e da compaixão.
Quanto mais nos ocuparmos com a felicidade alheia, maior se tornará nossa sensação de bem-estar.
O cultivo de sentimentos amorosos, calorosos e próximos para com os outros automaticamente descansa a mente.
Isto ajuda a remover quaisquer temores ou inseguranças que possamos ter e, nos dá força para enfrentarmos quaisquer obstáculos que encontramos.
É a principal fonte de sucesso na vida. Enquanto vivemos neste mundo estamos destinados a encontrar problemas.
Se, nessas ocasiões, perdemos a esperança e nos desencorajamos, diminuímos nossa habilidade de encarar as dificuldades.
Se, por outro lado, nos lembramos que não se trata apenas de nós, mas, que todos têm de passar por sofrimento, esta perspectiva mais realista aumentará nossa capacidade e determinação para sobrepujarmos os problemas.
Na verdade, com essa atitude, cada novo obstáculo pode ser encarado como sendo mais uma valiosa oportunidade de aprimorar nossa mente!
Desse modo, podemos gradualmente nos esforçar para nos tornarmos mais compassivos, ou seja, podemos desenvolver tanto a genuína empatia pelo sofrimento dos outros, quanto a vontade de ajudar a remover sua dor.
Como resultado, crescerão nossas próprias serenidade e força interior.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

A magia de um palhaço

Semana passada aconteceu uma coisa tão pura, mas foi incrível!
Parei em em um sinal de trânsito com o carro e fui abordada por um palhaço.

Quando criança tinha uma verdadeira aversão a palhaço.
Achava bobo, sem graça, chato...

Mas hoje, aos 27 anos, fiquei estupefata com aquele humilde palhaço.
Estava levando meu bichano para casa, ele estava no meu colo no transporte. O palhaço brincou com ele de uma forme tão doce e depois mexeu comigo singelamente.

Foram alguns poucos minutos mágicos que passei ali naquele sinal de trânsito.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Paula Abdul- Rush, Rush



Tradução:

[Depressa, Depressa]

Você é o murmúrio de uma brisa de verão,
Você é o beijo que deixa minha alma à vontade,
O que estou dizendo é que estou envolvida com você.
Eis minha história, e a historia vai...
Você dá amor,
você recebe amor
E mais do que o Céu sabe...
Você vai ver

Eu vou correr, eu vou tentar,
Vou levar este amor direto para você,
Todo meu coração, toda a felicidade.
Oh, baby, baby, por favor...

Depressa, depressa!
Rápido, rápido, amor, venha para mim.
Depressa, depressa!
Eu quero ver, eu quero ver você, libere-se comigo.
Depressa, depressa!
Eu posso sentir isso, posso sentir você através de mim toda.
Depressa, depressa!
Ooh, o que você faz comigo...

E tudo o que eu quero de você é o que você é.
E mesmo se você estiver bem perto de mim,
Você ainda está longe demais
Se eu não estiver dentro dos seus braços...
Eu me torno dramática, baby,
Sim, eu sei,
Mas eu preciso de você, eu quero você,
Ooh, cara, eu te amo tanto.
Ooh, ooh Você vai ver

Eu vou correr, eu vou tentar,
Vou levar este amor direto para você,
Todo meu coração, toda a felicidade.
Oh, baby, baby, por favor...

Depressa, depressa!
Rápido, rápido, amor, venha para mim.
Depressa, depressa!
Eu quero ver, eu quero ver você, libere-se comigo.
Depressa, depressa!
Eu posso sentir isso, posso sentir você através de mim toda.
Depressa, depressa!
Ooh, o que você faz comigo...

Quando você me beija, pra cima e pra baixo,
Gira meus sentidos em todas as direções.
Oh baby, oh baby,
Eu não sei exatamente como ou por quê,
Porém ninguém mais me tocou
Tão fundo, tão fundo, tão fundo lá dentro...

Você vai ver,
Eu vou correr, eu vou tentar,
Vou levar este amor direto para você,
Todo meu coração, toda a felicidade.
Oh, baby, baby, por favor...

Depressa, depressa!
Rápido, rápido, amor, venha para mim.
Depressa, depressa!
Eu quero ver, eu quero ver você, libere-se comigo.
Depressa, depressa!
Eu posso sentir isso, posso sentir você através de mim toda.
Depressa, depressa!
Ooh, o que você faz comigo...

Depressa, depressa!
Rápido, rápido, amor, venha para mim.
Depressa, depressa!
Eu quero ver, eu quero ver você, libere-se comigo.
Depressa, depressa!
Eu posso sentir isso, posso sentir você através de mim toda.
Depressa, depressa!
Ooh, o que você faz comigo...

Oração a São Jorge "Por Pedro Bial"

quarta-feira, 13 de outubro de 2010


Quem disse que crescer seria fácil?

Acionar botão...


...Estou cansada de tanto me sabotar.
Por quê dou importância demais pra coisas que são de menos?
Por quê me preocupo com coisas que estão fora do meu controle?
Eu bem sei que não adianta, o que tem que acontecer, acontece e ponto.
Quando é que vou ligar o foda-se e não me importar com nada?

Dou chiliques desnecessários, eu sei.
As vezes fico brava por besteira.
As vezes deixo pra lá coisas que mereciam uma boa briga.
Mas não consigo fingir que está tudo bem, se não está.
Não consigo me programar, eu sou assim.
Se ficar triste ou algo me irritar, eu dificilmente vou conseguir disfarçar, todo mundo vai notar, porque vai estar estampado na minha cara.
Se eu ficar feliz com alguma coisa boba, por mais que tente disfarçar, meu olhar e cara de besta me entregam, vai ser nítido.
Transparência as vezes é um problema, e nessas horas daria tudo para ter uma máscara.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

domingo, 10 de outubro de 2010

Mãe




Mãe,
Que tanto amo,
Que tanto clamo e adoro!

Mãe,
doce, as vezes azeda mas nunca amarga.

Mãe,
que admiro e outras vezes critico.

Porque antes de ser mãe,
é humana, é mulher.

Você, é o maior presente que a vida poderia ter me dado.
Obrigada, por ser um pedaço de você!

Que Deus te ilumine e te abençoe,
Minha mamãe querida!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

A Rainha da Noite

o nome da ópera é A Flauta Mágica (Die Zauberflöte), do compositor W.A. Mozart. Nesta ópera existe uma personagem chama Rainha da Noite, que canta duas árias (músicas), uma delas, a mais conhecida, é a "Der Hölle Rache kocht in meinen Herzen".


terça-feira, 28 de setembro de 2010

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

A Escalada

Eu quase posso ver
Esse sonho que estou sonhando.
Mas há uma voz dentro da minha cabeça dizendo que
eu nunca irei alcançá-lo.

Cada passo que estou dando
Cada movimento que eu faço
Parece perdido sem nenhuma direção
Minha fé está abalada
mas eu, eu tenho que continuar tentando.
Tenho que manter minha cabeça erguida.

Sempre haverá uma outra montanha
Eu sempre vou querer movê-la
Sempre vai ser uma batalha difícil
Às vezes eu vou ter que perder
Não é sobre o quão rápido chegarei lá
Não é sobre o que está me esperando do outro lado
É a escalada.

As lutas que estou enfrentando
as oportunidades que estou tendo
às vezes podem me jogar no chão
mas não, eu não estou rompendo
Eu posso até não saber
mas este são os momentos que eu vou lembrar mais e
Só tenho que continuar
e eu, eu tenho que ser forte
Apenas continuar empurrando

Sempre haverá uma outra montanha
Eu sempre vou querer movê-la
Sempre vai ser uma batalha difícil
Às vezes eu vou ter que perder
Não é sobre o quão rápido chegarei lá
Não é sobre o que está me esperando do outro lado
É a escalada.

Sempre haverá uma outra montanha
Eu sempre vou querer movê-la
Sempre vai ser uma batalha difícil
Às vezes eu vou ter que perder
Não é sobre o quão rápido chegarei lá
Não é sobre o que está me esperando do outro lado
É a escalada.

Continue em movimento
Continue correndo
Mantenha a fé
Querido
É tudo sobre
É tudo sobre a escalada
Mantenha a fé
Mantenha a sua fé


quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Amigo até a morte

Amor incondicional

O mundo é de todos


Vivemos momentos de grandes transformações no planeta Terra e em todo o Universo, com isso as diferenças sociais ficam cada vez mais evidentes.

O reino vegetal, animal e humano estão passando por grandes provações de fome, abandono e doenças.

Milhões de animais são torturados e mortos a cada ano por serem considerados mercadorias. A ganância endureceu o coração dos homens. Quebrando o elo vital com a natureza. O respeito à vida!

Os animais, assim como os homens, têm o direito à vida.

Declaração Universal dos Direitos dos Animais

1 - Todos os animais têm o mesmo direito à vida.

2 - Todos os animais têm direito ao respeito e à proteção do homem.
3 - Nenhum animal deve ser maltratado.
4 - Todos os animais selvagens têm o direito de viver livres no seu habitat.
5 - O animal que o homem escolher para companheiro não deve ser nunca ser abandonado.

6 - Nenhum animal deve ser usado em experiências que lhe causem dor.
7 - Todo ato que põe em risco a vida de um animal é um crime contra a vida.
8 - A poluição e a destruição do meio ambiente são consideradas crimes contra os animais.
9 - Os diretos dos animais devem ser defendidos por lei.
10 - O homem deve ser educado desde a infância para observar, respeitar e compreender os animais.

Preâmbulo:

Considerando que todo o animal possui direitos;

Considerando que o desconhecimento e o desprezo desses direitos têm levado e continuam a levar o homem a cometer crimes contra os animais e contra a natureza;

Considerando que o reconhecimento pela espécie humana do direito à existência das outras espécies animais constitui o fundamento da coexistência das outras espécies no mundo;

Considerando que os genocídios são perpetrados pelo homem e há o perigo de continuar a perpetrar outros;

Considerando que o respeito dos homens pelos animais está ligado ao respeito dos homens pelo seu semelhante;

Considerando que a educação deve ensinar desde a infância a observar, a compreender, a respeitar e a amar os animais,

Proclama-se o seguinte

Artigo 1º

Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência.

Artigo 2º

1. Todo o animal tem o direito a ser respeitado.

2. O homem, como espécie animal, não pode exterminar os outros animais ou explorá-los violando esse direito; tem o dever de pôr os seus conhecimentos ao serviço dos animais

3. Todo o animal tem o direito à atenção, aos cuidados e à proteção do homem.

Artigo 3º

1. Nenhum animal será submetido nem a maus tratos nem a atos cruéis. 2. Se for necessário matar um animal, ele deve de ser morto instantaneamente, sem dor e de modo a não provocar-lhe angústia.

Artigo 4º

1. Todo o animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático e tem o direito de se reproduzir.

2. toda a privação de liberdade, mesmo que tenha fins educativos, é contrária a este direito.

Artigo 5º

1. Todo o animal pertencente a uma espécie que viva tradicionalmente no meio ambiente do homem tem o direito de viver e de crescer ao ritmo e nas condições de vida e de liberdade que são próprias da sua espécie.

2. Toda a modificação deste ritmo ou destas condições que forem impostas pelo homem com fins mercantis é contrária a este direito.

Artigo 6º

1. Todo o animal que o homem escolheu para seu companheiro tem direito a uma duração de vida conforme a sua longevidade natural.

2. O abandono de um animal é um ato cruel e degradante.

Artigo 7º

Todo o animal de trabalho tem direito a uma limitação razoável de duração e de intensidade de trabalho, a uma alimentação reparadora e ao repouso.

Artigo 8º

1. A experimentação animal que implique sofrimento físico ou psicológico é incompatível com os direitos do animal, quer se trate de uma experiência médica, científica, comercial ou qualquer que seja a forma de experimentação.

2. As técnicas de substituição devem de ser utilizadas e desenvolvidas.

Artigo 9º

Quando o animal é criado para alimentação, ele deve de ser alimentado, alojado, transportado e morto sem que disso resulte para ele nem ansiedade nem dor.

Artigo 10º

1. Nenhum animal deve de ser explorado para divertimento do homem.

2. As exibições de animais e os espetáculos que utilizem animais são incompatíveis com a dignidade do animal.

Artigo 11º

Todo o ato que implique a morte de um animal sem necessidade é um biocídio, isto é um crime contra a vida.

Artigo 12º

1. Todo o ato que implique a morte de grande um número de animais selvagens é um genocídio, isto é, um crime contra a espécie.

2. A poluição e a destruição do ambiente natural conduzem ao genocídio.

Artigo 13º

1. O animal morto deve de ser tratado com respeito.

2. As cenas de violência de que os animais são vítimas devem de ser interditas no cinema e na televisão, salvo se elas tiverem por fim demonstrar um atentado aos direitos do animal.

Artigo 14º

1. Os organismos de proteção e de salvaguarda dos animais devem estar representados a nível governamental.

2. Os direitos do animal devem ser defendidos pela lei como os direitos do homem.

MALTRATAR ANIMAIS É CRIME!

"Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:


Pena
- detenção, de três meses a um ano, e multa.


§1º Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§2º A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Lei federal nº 9.605, de 12/02/1998 - Artigo 32

Se cada um de nós fizer a sua parte podemos amenizar tanto sofrimento.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Olhar e não se enxergar


Tenho me olhado como de costume,
mas não tenho me enxergado.

Como de costume, penteio meus cabelos e me arrumo.
Como de costume me olho no espelho,
mas algum tempo não tenho me visto.

Tomei conhecimento desse fato agora!

Como pude me perder?

A pior solidão, é quando nos abandonamos.

E sem me dar conta, me perdi de mim mesma!

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

ANGEL



Tradução:

Gasta todo seu tempo esperando por aquela segunda
chance
Pela pausa que fará tudo bem
Há sempre uma razão para se sentir "não boa o bastante"
E é difícil no fim do dia
Eu preciso de alguma distração, oh bela libertação
Memórias escoam das minhas veias
Eles podem ser vazias e sem peso e talvez
Eu encontrarei alguma paz esta noite

Nos braços de um anjo, voe pra longe daqui
Deste quarto de hotel escuro e frio e da
imensidão que você teme
Você é puxado dos destroços de seu devaneio silencioso
Você está nos braços de um anjo, que você encontre
algum conforto aqui

Tão cansado da linha reta, onde quer que você vire
Há abutres e ladrões nas suas costas
A tempestade continua se mexendo, você continua
construindo as mentiras
Que você compense por tudo que lhe falta
Não faz diferença, escapando uma última vez
É mais fácil acreditar
Nesta doce loucura, oh nesta tristeza gloriosa
Isto me leva aos meus joelhos

Nos braços de um anjo, voe pra longe daqui
Deste quarto de hotel escuro e frio e da
imensidão que você teme
Você é puxado dos destroços de seu devaneio silencioso
Você está nos braços de um anjo, que você encontre
algum conforto aqui

Nos braços de um anjo, voe pra longe daqui
Deste quarto de hotel escuro e frio e da
imensidão que você teme
Você é puxado dos destroços de seu devaneio silencioso
Nos braços de um anjo, que você encontre algum conforto aqui
Nos braços de um anjo, que você encontre algum
conforto aqui

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Oração São Francisco na voz da cantora Ana Carolina

"Empire State of Mind" Jay-Z and Alicia Keys



Tradução:

Jay-Z
Yeah
Sim, Eu cresci no Brooklyn,
Agora estou no Tribeca,
Próximo do DeNiro,
Vou ser da vizinhança pra sempre,

Sou o novo Sinatra,
E já que consegui chegar aqui,
Consigo chegar a qualquer lugar,
Sim eles me amam por toda a parte,

Eu costumava me dar bem no Harlem,
Todos os meus amigos Dominicanos
Bem ali na Broadway,
Me trouxe de volta ao Mc Donalds,

Levei tudo para o meu estoque local,
Na 65º Street,
Me pega na cozinha como um esquisitão preparando
comida,
Passeando pela rua 8th,

Lexus em tom pastel
Dirigindo de boa,
mas a BK** é do Texas,
Eu estou no Bed-Stuy***
Casa do Biggie
Agora eu vivo na Billboard
E trouxe os meus manos comigo
Eu disse e ae Ty Ty, continua bebendo cerveja
Sentado ao lado da quadra dos Knicks e do Nets.
Toca aí.
Nego eu posso me descontrolar,
Bater no juíz
Mas toda essa minha atitude é porque sou....

[Alicia Keys]
Nova York
Selva de concreto onde são feitos os sonhos
Não há nada que você não possa fazer
Agora você está em Nova York
Essas ruas vão fazer você se sentir completamente novo
As luzes vão inspirar você
Gritem Nova York, Nova York, Nova York

[Jay-Z]
Te esquentei, parceiro
Me pegue no X com o OG no jogo do Yankees
Droga, deixei o boné de NY(Yankee) mais famoso do que um próprio Yankee
Você deve saber que eu tenho sangue azul mas não pense que eu sou esquisito

Mas eu tenho um bando negros que andam na minha banca também
Bem vindo a casa da droga,
um cantinho onde vendemos pedras
Afrika Bambaataa caramba,
casa do hip-hop.
boné amarelo, capuz de cigana, dolar coroado, fale
comigo
Para os estrangeiros, a parada não é equipada, eles esqueceram de como agir

8 milhões de historias lá fora e são todas verdade
A cidade está acabada, metade de vocês não vão conseguir chegar lá,
Eu tenho que fazer um especial e já fizeram pra mim,
Se Jesus está pagando o Lebron, eu estou pagando o Dwayne Wade
3 dados do Cee-Lo, 3 cartões do Marley
Desfile do dia do trabalho descanse em paz Bob Marley
Estátua da Liberdade, viva o World Trade,
Viva o rei,
Eu sou do Empire State que é...

(Alica Keys (Refrão))
Em Nova York
Selva de pedra onde são feitos os sonhos
Não há nada que você não possa fazer
Agora você está em New York
Essas ruas vão te deixar completamente novo
As luzes irão inspirar você
Gritem Nova York, Nova York, Nova York

Bem-vindos às luzes brilhantes...

[Jay-Z]
As luzes são ofuscantes,
As garotas precisam de cortinas,
para que elas possam passar dos limites rapidamente,
As amantes não enxergam por causa de umas casualidades,
Quem vai curtindo a vida casualmente, depois gradualmente piora,
Não morda a maça Eva,
Pega na multidão,
Agora o seu estilo interior,
E no inverno faz frio e cada um faz a sua moda,
A cidade do pecado tem pena de vencer,
Boas garotas se tornam más a cidade está cheia delas,
Mamãe pegou um ônibus e agora está doidona,
Todo mundo anda nela, que nem uma linha movimentada,
Ave maria para sua cidade, você é uma Virgem,
e Jesus não pode te salvar,
A vida começa onde acaba a igreja,
Veio para escola, se tornou um cara graduado de alto nível
Jogadores de basquete, rappers viciados em holofotes
Ecstasy te fez sentir como se fosse um campeão,
A cidade nunca dorme, é melhor te dar um pouco de Zolpidem

(Alicia Keys - Refrão)
Nova York
Selva de concreto onde são feitos os sonhos
Não há nada que você não possa fazer
Agora você está em New York
Essas ruas vão fazer você ficar completamente novo
As luzes irão inspirar você
Gritem Nova York, Nova York, Nova York

(Alicia Keys)
Uma mão para cima para a grande cidade
Luzes na ruas, grandes sonhos tudo tão bonito
Nenhum lugar no mundo que se compare
Coloquem os isqueiros no alto e digam Yeah Yeah
Venha, Venha
Yeah

(Alicia Keys - Refrão)
Nova York
Selva de concreto onde são feitos os sonhos
Não há nada que você não possa fazer
Agora você está em New York
Essas ruas vão fazer você ficar completamente novo
As luzes irão inspirar você
Gritem Nova York, Nova York, Nova York

Alicia Keys "Empire State of Mind, Part II"



Tradução:

Oooh oooh, Nova York (2x)

Cresci em uma cidade,
Que é famosa por ser um lugar de cenas de filmes
O barulho é sempre alto
Com sirenes por toda parte
As ruas são más
Se eu pudesse chegar aqui
Eu poderia chegar a qualquer lugar
Isso é o que dizem
Vendo o meu rosto nas luzes
Ou o meu nome em letreiros pela Broadway

Mesmo que isso não seja tudo o que parece
Eu tenho um bolso cheio de sonhos
Baby, eu sou de

(Refrão)
Nova York, selva de concreto onde os sonhos são
feitos
Não há nada que você não possa fazer
Agora você está em Nova York
Essas ruas vão fazer você se sentir novo em folha
Grandes luzes vão inspirá-lo
Vamos ouvir Nova York, Nova York, Nova York

Na avenida, nunca há hora para ir embora
A mulheres dão duro
Uma panela em ebulição na esquina vendendo pedra
Pastores oram para Deus
Um táxi cigano para
Me leve do Harlem até a ponte do Brooklyn
Alguém dorme hoje à noite com fome
Maior do que uma geladeira vazia

Eu vou conseguir de qualquer jeito
Eu tenho um bolso cheio de sonhos
Baby, eu sou de

(Refrão)
Nova York, selva de concreto onde os sonhos são
feitos
Não há nada que você não possa fazer
Agora você está em Nova York
Essas ruas vão fazer você se sentir novo em folha
Grandes luzes vão inspirá-lo
Vamos ouvir Nova York, Nova York, Nova York

(Refrão)
Uma mão no ar para a cidade grande
Luzes da rua, grandes sonhos, todos bonitos
Não há lugar no mundo que possa se comparar
Coloque os seus isqueiros no ar
Todo mundo diga yeah, yeah, yeaah

(Refrão)
Nova York, selva de concreto onde os sonhos são
feitos
Não há nada que você não possa fazer
Agora você está em Nova York
Essas ruas vão fazer você se sentir novo em folha
Grandes luzes vão inspirá-lo
Vamos ouvir Nova York, Nova York, Nova York

* Empire State é o maior edifício de Nova York


quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Seminua, Lady Gaga se joga em platéia de festival


Mostrando a razão do sucesso sem fim, Lady Gaga surpreendeu a todos com uma aparição surpresa no Festival Lollapalooza, em Chicago.

Antes de seu show, a cantora se juntou ao amigo e vocalista da banda Semi Precious Weapons, Justin Tranter, e causou alvoroço na apresentação.

Após se arriscar na bateria, Gaga resolveu se jogar no meio da multidão e, carregada por quem os assistia, foi acompanhada por Tranter.